fbpx

Do que adianta falar em “ planejamento financeiro ”, se o brasileiro não tem a cultura de planejar, quanto mais se organizar financeiramente?
Tenho a esperança, sinceramente, de que o cenário econômico que vivemos na atualidade, cheio de incertezas, alta competitividade e crises econômicas, facilite, individualmente, a percepção dessa dura realidade…
Além disso, espero também que as dificuldades se apresentem como oportunidades para que cada um, busque as ferramentas necessárias para uma gestão eficiente de seus negócios ou clinicas odontológicas e até mesmo, para a sobrevivência da sua empresa e faça um planejamento financeiro.

BRASILEIRO SABE COMPRAR? ELE PLANEJA?

Para se ter uma ideia do comportamento de consumo dos Brasileiros, atentem aos números e fatos:

– os brasileiros são um dos povos mais consumistas do mundo, e não sabem comprar. Segundo Reinaldo Domingos, educador financeiro, o alto índice de compra por impulso dos brasileiros demonstra a falta de planejamento e educação financeiras, que levam ao endividamento;
– a maioria dos brasileiros não faz poupança ou investimentos, demonstrando imaturidade financeira;
– brasileiro não sabe planejar, apesar de ser um dos países mais empreendedores do mundo…(olha que legal!)
Como dentista e nascido nesse lindo país tropical, você também deve ser um ótimo EMPREENDEDOR, mas esquece de sentar e “colocar no papel” as metas, prioridades, sequência de ações necessárias, cronogramas, ou seja, esquece de PLANEJAR! Então me diga…como quer gerir a sua clínica ou até mesmo crescer, de forma consistente?
Segundo Flávio Alves Ribeiro, coaching na área de finanças para odontologia, o brasileiro parte para a ação,ao invés de reconhecer a necessidade de elaborar um plano de ação para depois depois operacionalizá-lo. Constata-se, portanto, um comportamento imediatista e ainda,a falta de objetivos consistentes, o que piora ainda mais esse quadro.

PLANEJAMENTO FINANCEIRO EM CLÍNICAS ODONTOLÓGICAS

A realização de um PLANEJAMENTO FINANCEIRO para sua CLINICA ODONTOLÓGICA, além de possibilitar a criação de uma visão e controles a longo prazo do seu negócio, permitirá a compreensão e maior eficiência de cada passo necessário. E este será o caminho mais curto para atingir os seus objetivos.

Baseada nas principais dificuldades encontradas pelos gestores de clínicas odontológicas, destacamos algumas destas. A seguir, daremos algumas dicas práticas, apesar de bem gerais, mas importantes, para quem quer começar a se planejar :

– separe as suas despesas de pessoa física das despesas da clinica/empresa, o que inclui as contas correntes;
– verifique e controle os custos e despesas para cálculo de sua hora clínica e para pagamento controlado da porcentagem de colaboradores;
– aprenda como fazer um fundo de reserva e um fluxo diário de caixa;
-aprenda a reconhecer qual serviço está dando maior lucratividade e o que fazer com estas informações;
– fique atento a horários e espaços ociosos, coloque-os para render;
– aprenda a fidelizar pacientes ativos, a reativar os antigos e a captar novos, usando os recursos do marketing on e off-line.

Essas e outras dicas, você pode receber do consultor e coaching financeiro, Flavio Alves Ribeiro, especialista em consultórios e clínicas odontológicas. Clique aqui para conhecer o trabalho deste mestre da área:  www.pensefar.com.br

20161225_123106

Consultora de web marketing marketing off-line
Monica Gomes Claure